My Items

I'm a title. ​Click here to edit me.

26ª Conferência sobre Mudança Climática

ANÁLISE DE CONJUNTURA JSB | Nº 14/2021 “O que estará em pauta na 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP-26)? Qual o projeto de sociedade e de modelo econômico estará em jogo nesta grande Conferência do Clima que vai reunir lideranças políticas de 196 países em Glasgow, na Escócia, entre os dias 31 de outubro e 12 de novembro? A COP-26 vem para dar materialidade e continuidade às transformações dos processos produtivos que reinventam o capitalismo?”, questiona a Rede Jubileu Sul Brasil na análise de conjuntura desta semana. https://jubileusul.org.br/noticias/retomada-verde-cop-26-e-o-avanco-da-financeirizacao-da-natureza/

DIA D DO GRITO: 7 de outubro

O Grito é um processo que construímos durante todo o ano. Não se acaba no 7 de setembro. Por isso é bom marcar o dia 7 de cada mês – Dia D do Grito -, com alguma atividade local, seja presencial ou virtual, na comunidade, cidade ou no Estado, com animação, anúncios e denúncias. Sempre com a perspectiva de garantir direitos, a dignidade da Vida e a participação popular. Anime e promova o dia D do Grito na sua comunidade/cidade/Estado. No campo e na cidade, queremos justiça e dignidade! Não ao Marco Temporal! VIDA EM PRIMEIRO LUGAR! O Dia D do Grito ecoará também em: RECIFE - Ação Solidária na rua à noite, com distribuição de comida ao pessoal de rua e os trabalhadores informais, na Av Conde da Boa Vista BELO HORIZONTE NOSSOS GRITOS CONTINUAM: POR TERRA, TETO E TRABALHO; 8/10, 19h. Participação: Dom Vicente Ferreira (Arquidiocese BH); Padre Henrique Faria (Fórum Político Interreligioso); Padre Júlio César Amaral (Veaspam); Makota Celinha (Cenarab); Diácomo Amauri Dias de Moura (Conic MG); Raquel Mourão (Frente de Evangélicos pelo Estado Democrático de Direito); Pa. Dra. Mara Parlow (IECLB - Igreja de Confissão Luterana); Mediação: Soniamara Maranho (MAB). Transmissão página facebook e Youtube Grito BH AMAZONAS: 13/10 – Seminário com a 6ª SSB, tema: Direto à Moradia e Desocupações em Manaus/Tráfico de drogas PARÁ: 07/10 – Visita ao assentamento MST (Rodas de conversa, oficinas) MARANHÃO: 07/10 – Atividades nas paróquias junto com 6ª SSB; Continuidade Campanha O Dia do Pão (Dioceses), arrecadação e distribuição de alimentos ESPÍRITO SANTO: Continuidade do Dia D com CFB e 6ª SSB + Campanha Paz e Pão da Diocese

As escadarias da Igreja e o grito não silenciado

Por: Adelino Francisco de Oliveira * Fonte: https://diariodoengenho.com.br/as-escadarias-da-igreja-e-o-grito-nao-silenciado/ Parece que há um consenso em Piracicaba que os patrimônios históricos da cidade devem ser preservados. A repercussão em torno dos sinais e símbolos deixados pelo Grito dos Excluídos nas escadarias da antiga Igreja de São Benedito revelam exatamente a face de uma parcela da sociedade que está muita atenta com uma possível depredação daquele templo, que guarda uma memória tão singular para a cidade. A primeira questão que surge é: por que os monumentos históricos da cidade não são preservados? A quem cabe a preservação? Qual a responsabilidade do poder público sobre esse tema? A Igreja de São Benedito, situada na região central da cidade, é um monumento que registra a história religiosa e também de luta e resistência de pretos e pretas. Uma história que tem sofrido tentativas de apagamento. A inauguração da Igreja remonta ao ano de 1892. A Capela de São Benedito foi tombada como patrimônio histórico e cultural de Piracicaba em 2002, por decreto assinado pelo prefeito José Machado, do PT. Importante ressaltar que a Igreja é um templo vivo, onde os fiéis ainda se reúnem para celebrações litúrgicas. Estava cursando filosofia quando participei pela primeira vez do Grito dos Excluídos. Lembro-me que foi um Ato forte, muito impactante, com a presença inspiradora de Dom Paulo Evaristo Arns, então Cardeal da Arquidiocese de São Paulo. Era um tempo de uma Igreja marcada pelo debate em torno das questões sociais. Aliás, o Grito dos Excluídos nasceu como desdobramento das reflexões desenvolvidas na Segunda Semana Social Brasileira, que apontava a urgência de se reconhecer e se pagar pelas dívidas sociais históricas do país. Desde a década de 60, principalmente coma visão ética e pastoral de Dom Helder Câmara, tanto nas pastorais sociais quanto na própria pastoral da juventude, a metodologia do ver, julgar, agir e celebrar tem estruturado as dinâmicas das celebrações e reflexões. Essa metodologia não deixou de pautar também as celebrações do Grito, que sempre assumiam a dimensão de denunciar a realidade, apresentar os critérios de julgamento a partir da ética cristã, apontar caminhos de ação para superar aquela realidade e celebrar a esperança em um tempo de justiça e paz. Para dar cores a uma determinada realidade que se apresentava contrária aos princípios do Evangelho, o Grito dos Excluídos sempre contemplava uma perspectiva performática, com encenações, jograis, ritualidades e muitos símbolos. Foi assim também na dinâmica do Grito dos Excluídos que aconteceu no último dia 7 de setembro, em Piracicaba. Os participantes do Grito se reuniram, como fazem todos os anos, na Praça José Bonifácio, bem em frente às escadarias da Catedral de Santo Antônio. Era um dia tenso, com a expectativa de manifestações de apoio ao governo da morte. Sabendo disso, e em caso de uma situação mais belicosa, a organização do Grito contava com o amparo da Igreja, podendo seus participantes se refugiarem no espaço sagrado da Catedral. Aliás, essa é uma tradição mais que milenar: a Igreja como espaço de proteção. Teologicamente a Igreja, sob o signo de Pedro (Kefas, do grego), deve ser sempre gruta, abrigo, amparo, proteção. Estranhamente, em descompasso com uma belíssima tradição, as portas da Igreja foram rapidamente fechadas, deixando os participantes do Grito em desamparo. Com seus símbolos e cantos, o Grito tinha uma liturgia: sair em caminhada (procissão) até a Capela de São Benedito. Com a cruz à frente, inspirados no tema Vida em Primeiro Lugar, o Grito foi demarcando o trajeto com o simbolismo do “sangue” – um misturado de água, farinha de trigo e corante, facilmente lavável. No largo da Capela de São Benedito o ritual das falas não deixou de seguir a dinâmica do velho método “ver, julgar e agir”, trazendo à luz tantos gritos, silenciados por uma lógica social que se acostumou e naturalizou as injustiças. O “sangue” derramado, na ritualidade e simbolismo do Grito, buscava fazer menção a tantas situações que aviltam a dignidade humana, demarcando uma realidade de injustiça e violação de direitos. A proposta de uma manifestação tomada por uma ritualidade, com símbolos e sinais, é sempre sensibilizar às pessoas, provocando para um despertar de consciência. Demarcando seu trajeto, em um cortejo pela vida, o Grito espalhou “sangue” por ruas e um pouco pelas escadarias da Capela de São Benedito. O senhor Paulinho, que vive em situação de rua, há 5 meses fez de uma das laterais da Capela de São Benedito seu abrigo. Há alguns dias, em uma tentativa de retirá-lo daquele espaço, os papelões que utiliza para se aquecer e se proteger foram queimados, causando danos e depredação à lateral da Igreja. Senhor Paulinho também participou do Grito, sentindo-se representado em toda aquela liturgia. O que realmente choca e assusta? Uma performance com água, farinha de trigo e corante – biodegradável, removível e sem provocar danos – ou as situações cotidianas de exclusão? O grito do senhor Paulinho e de tantos outros excluídos dos direitos de cidadania serão ouvidos? O que nos move e nos comove? Para o cristão ou para o militante não é possível ficar neutro nesse debate, há um lado da história a ser assumido. Não é possível servir a dois senhores. O episódio não deixa de ilustrar a tática de criminalizar os movimentos sociais, com produção de fake news e muita detratação, compondo um debate sem o mínimo compromisso com os princípios da verdade e da justiça. O inusitado é que o símbolo do “sangue” passou a ser debatido como um ato de depredação e vandalismo ao monumento histórico tombado, que é a Capela de São Benedito. Em uma tentativa de abafar o Grito dos Excluídos o debate foi tomado por fake news e detratações. Com as chuvas, o símbolo do “sangue” nas escadarias da Capela de São Benedito será facilmente apagado, mas o sangue de tantos excluídos continuará clamando por justiça. Ainda que o “sangue” simbólico seja levado pelas chuvas densas e divinas, o sangue da opressão, do abandono e da mentira, que corre pelas muitas cruzes, permanecerá incrustado nas mãos daqueles que na história são conhecidos como os verdadeiros fariseus.

* Adelino Francisco de Oliveira é professor no Instituto Federal, campus Piracicaba, doutor em Filosofia e mestre em Ciências da Religião.
adelino.oliveira@ifsp.edu.br

Dom Paulo Evaristo e Paulo Freire, 100 anos de compromisso e esperança

Setembro, o mês do Grito dos Excluídos e Excluídas, em 2021, comemorou o centenário de nascimento de dois gigantes na defesa da Vida em primeiro lugar e tudo o que isso significa. Dom Paulo Evaristo Arns e Paulo Freire, referências mundiais na defesa dos direitos humanos e da democracia. O primeiro Paulo, cardeal e arcebispo emérito de São Paulo; o segundo Paulo, educador e patrono da Educação no Brasil. Motivadores, cada um do seu jeito e lugar, da “esperança em esperança”, lema episcopal de Dom Paulo, e da necessidade de “esperançar”, o verbo ensinado e vivido por Paulo Freire, porque “Esperançar é ir atrás, é não desistir! É levar adiante, é juntar-se com os outros, para fazer de outro jeito”. Nestes tempos sombrios de ignorância política e intolerância generalizada, que permeiam o cenário brasileiro, 100 anos após o seu nascimento, o cardeal da Resistência, Dom Paulo Arns, e o mestre Paulo Freire, alfabetizador que optou por estar com os “esfarrapados do mundo”, continuam vivos. Nos inspirando e motivando a construir um novo mundo possível, forjado na luta e na participação popular. Provocados por essa feliz coincidência, foi produzido o documentário “DOIS PAULOS NA PAULICEIA”, de Carlos Pronzato; Produção: Paulo Pedrini Edição: Gabriel Figueira; Realização: La Mestiza Audiovisual www.lamestizaaudiovisual.com.br “Sem dúvida, os dois Paulos foram grandes mestres na organização popular que se transformou em esperança ativa vinda de uma fé encarnada na realidade do povo”. O documentário foi realizado a partir do envio de quase 50 áudios e com a participação de Nita Freire, Frei Betto, Luiza Erundina, Juca Kfouri, Ivo Herzog, Paulo Vanucchi, Dom Angélico Sândalo Bernardino, Margarida Genevois, Salvador Pires, Adolfo Perez Esquivel, Maria Ângela Borsoi, entre muitos outros, e com música original de Gereba em parceria com Paulinho Pedra Azul e Xico Bizerra, Assista, reflita, debata e divulgue o documentário: https://www.youtube.com/watch?v=qSiU8wERS2o

Foto denúncia no Grito promove vacinação a moradores de ocupações

Nas manifestações do dia 7 de Setembro um cartaz do bloco do Movimento Trabalhador@s por Direitos (MTD-GO), no 27º Grito dos Excluídos, trouxe a denúncia: “as ocupações não vacinaram”. Até então, a prefeitura de Goiânia/GO fazia vista grossa para a vacinação contra a Covid 19 dos moradores das ocupações, na capital. A foto-denúncia circulou nas redes e jornais e a CUT, representando o segmento de usuários, levou a solicitação ao Conselho Municipal de Saúde, onde foram cobradas providências. A prefeitura teve de agir e abriu um novo ponto de imunização, nas proximidades da ocupação Estrela Dalva. As fotos abaixo registram a manhã de vacinação da comunidade, na qual 170 pessoas foram vacinadas. O MTD-GO identificou outras ocupações de Goiânia com muita gente ainda sem imunização. Apenas na ocupação do Estrela Dalva, que conta com aproximadamente 200 famílias, eram cerca de 120 adultos. O motivo principal são os obstáculos que a própria prefeitura colocou para a vacinação, como agendamento online e drive thru para carros e motos. O Movimento continuará acompanhando e cobrando respostas da prefeitura, até que todas e todos sejam imunizados.

"INDEPENDÊNCIA É A UTOPIA QUE DESEJAMOS ALCANÇAR"

Um grito histórico Um grito dos excluídos Excluídos do sistema Que por quase 200 anos prega uma Falsa independência Independentes de quê? Independentes de quem? Se nem mesmo o direito à terra Muitos não têm A independência É a utopia Que desejamos alcançar Por isso estamos juntes E não paramos de lutar Poeta Nascimento-Petrolina/PE Poeta.nascimento_oficial / Instagram O Grito dos Excluídos e Excluídas, mais uma vez, ecoou em todo o Brasil, nos mais longínquos rincões, nas comunidades, nas pequenas e grandes cidades, nas capitais, por “Vida em Primeiro lugar! ”. Com atos, caminhadas, bicicleatas, celebrações, vigílias, novenas, apresentações culturais, coleta e distribuição de alimentos e marmitas, atos políticos junto com a Campanha Fora Bolsonaro, lives, programas de rádio e televisão – nos 26 Estados e DF. A riqueza das imagens produzidas – fotos, vídeos, cards, textos – expressam a força do Grito que nesses 27 anos mudou a cara militarizada do 7 de Setembro e da Semana da Pátria. Chamou o povo para descer das arquibancadas dos desfiles cívicos e militares e participar, ativamente, na luta por seus direitos, nas ruas e praças, nos centros e nas periferias de todo o Brasil. Para ecoar seus gritos de denúncia e de anúncio de um projeto de país mais justo e igualitário, “Na luta por participação popular, saúde, comida, moradia, trabalho e renda, já! ”. A Coordenação Nacional do Grito dos Excluídos e Excluídas, que integra 24 organizações, quer agradecer e abraçar a cada um e a cada uma dos/as articuladores/as, movimentos sociais e populares, pastorais sociais, igrejas, sindicatos, partidos políticos, militância em geral que construíram esse grande processo coletivo em seus locais. Mas, sabemos que a nossa luta não se encerra no dia 7 de Setembro. Estamos vivendo um momento de crises – social, ambiental, sanitária, humanitária, política e econômica - sobretudo causadas pela ação nefasta de um governo genocida, negacionista e promotor do caos que visa principalmente destruir, de qualquer forma, a democracia e a soberania do nosso país. Que desmonta direitos dos/as trabalhadores/as do campo e da cidade e das políticas públicas, que dissemina o ódio, a violência, o preconceito contra mulheres, LGBTQIA+, negros, indígenas e pobres. Diante dessa realidade e diante de toda forma de opressão e injustiças, o Grito se faz necessário e permanente como denúncia, anúncio e animação rumo ao projeto de país que queremos. E remete aos três “T” que o Papa Francisco destacou no primeiro encontro com os movimentos populares: Terra, Teto e Trabalho. Assim como aos debates da 6ª Semana Social Brasileira, com a temática “Mutirão pela vida, por terra, teto e trabalho”. Sem chão nem pão – para camponeses, indígenas, negros, migrantes, mulheres e trabalhadores em geral – é impossível garantir a dignidade básica, viga mestra da Doutrina Social da Igreja. Não deixemos que o sistema nos tire a esperança. Um povo sem esperança não tem resistência e não luta para mudar. Na unidade, vamos continuar construindo e lutando por um país verdadeiramente independente - sem genocídio da população pobre, negra e indígena, população de rua - com justiça social e oportunidades para que o nosso povo volte a sonhar e ter orgulho de ser brasileiro. COORDENAÇÃO NACIONAL DO GRITO DOS EXCLUÍDOS E EXCLUÍDAS 08/09/2021

GRITO NO BRASIL E EXTERIOR

REGIÃO NORTE Acre Rio Branco – 07/09, Gameleira, 16h Amapá Macapá – 07/09, Praça Veiga Cabral, 9h Amazonas Arquidiocese de Manaus – 30/08, 19h30 – Live 1: Terra, teto e meio ambiente 01/09, 19h30 – Live 2: Equidade de gênero, povos indígenas, racismo e pré-conceito 02/09, às 9h – Coletiva de imprensa no CEFAM 03/09, 19h30 – Live 3: Saúde, vacina e combate à fome 04/09, 8h – Entrevista na Rádio Rio Mar 05/09, 17h – Missa amazônica 06/09, 19h30 – Live 4: Juventude, soberania, participação popular e esperançar 07/09, 15h30 – Bicicleata saindo do lado do T1 (Concentração às 15h, no T1), passando pela catedral, pegando a imagem de São José e seguindo ao Largo do Mestre Chico. 07/09, 16h – Ato central do Grito, Av. Lourenço da Silva Braga Centro Todas as atividades transmitidas pelas redes sociais da Arquidiocese de Manaus. Pará Altamira – 07/09, Em frente à Equatorial Energia, às 8h Belém - 02/09, Coletiva de Imprensa, às 15h, Coordenação do Grito em conjunto com os movimentos sociais e as pastorais sociais da CNBB Norte 2. Jornada de Comunicação Popular "Grito dos Excluídos Belém do Pará" pelo Instituto Idade Mídia - Comunicação para Cidadania, através da Rádio Ribeirinha Libertadora IM e IMTV, para promoção do 27º Grito dos Excluídos. 07/09, Cobertura ao vivo. Do Largo do Redondo até o Mercado de São Brás, pela Bike Som Maria Lira Rádio Livre FM 90.1MHz (área de cobertura em frequência modulada de 1Km direto do ato) e IMTV.
https://idademidia.org/
Rádio Libertadora IM
https://www.radiolibertadora.org/ Canal IMTV (You Tube)
http://www.youtube.com/c/IdadeMídia 07/09 – Local de saída, Praça Floriano Peixoto, no Mercado de São Brás, às 8hs, seguindo pela Av. Magalhães Barata e Nazaré, até a Pres. Vargas. Na saída, haverá uma mística e ato inter-religioso, em seguida as entidades gerais tanto do Grito quanto do Fora Bolsonaro começarão as falas, seguidas das pessoas inscritas. Santarém – 07/09, Praça da Matriz, 17h Rondônia Porto Velho/RO – 07/09, programação do 27º Grito dos Excluídos na Rádio Caiari, das 17h às 17h45, refletindo sobre o Brasil e nossa cidade (103,1 https://radiocaiari.com) 07/09, Roda de conversa, mesa Dom Roque, Luiz Carlos (movimento dos Catadores MNCR – Vila Princesa e Adriano Karipuna). 07/09, Concentração: 16h no Centro Político Administrativo (CPA) na av. Farquar. Roraima Boa Vista – 07/09, Concentração Praça Fábio Marques Paracat, 8h às 10h: Abertura com Irmão Danilo e Dom Mário Antonio; Mística Inicial – 1º T: Ternura – Mulheres – Migração (SPM e Cáritas) – Pastoral da Criança – Idoso – LGBTQIA+ – Animação: Banda Kruviana – 2º T: Teimosia – Pastoral Indigenista (Povos indígenas); – MST (Terra);– CPT (Amazônia) – CSP Conlutas (Trabalho) – Animação: Banda Kruviana – 3º T: Transformação – Paróquia Santo Isidoro (Economia Solidária) – CEBs (Energias Alternativas) – CNLB (Pacto pela Vida e Pelo Brasil) – Educação (Sinterr) – Levante Popular da Juventude – Mística de Encerramento. Durante o Grito serão realizadas diversas atividades: oficina de artes de lambes: organização: Levante Popular da Juventude; oficina de artes com crianças “vida em primeiro lugar”!; feirinha de produtos de economia solidária; coleta de assinaturas do abaixo-assinado do Pacto pela Vida e pelo Brasil; exposição intercultural do fé e alegria; exposição do “carro ecológico”, onde as pessoas participantes serão convidadas a escrever seu grito durante o ato. Tocantins Araguaína – 07/09, Praça São Luís Orione, 7h REGIÃO NORDESTE Alagoas Maceió – 07/09, Praça Sete Coqueiros, 9h Bahia Diocese de Amargosa, 12/09, 8h, carreata do Grito com concentração no Arco Iris de Laje, percorrendo as cidades do Vale de Jiquiriçá até cidade de Santa Inês, onde ocorrerá o encerramento, organização Comissão diocesana sócio transformadora, Sindicato Santo Antonio de Jesus, Polo Sindical Amargosa, Caritas Diocesana e outras. Diocese de Ruy Barbosa – Programação PJMP: Rodas de Conversa online Ipirá - 02/09, Tema: Terra, território, teto: a esperança está na organização popular! Macajuba - 04/09, Tema: Juventudes: protagonismo juvenil e participação popular! Ipirá – 07/09, Mística iniciada pela PJMP da paróquia e o tema geral será refletido pela irmã Joselene Mairi - 18/09, Tema: militarização, racismo e preconceito! Feira de Santana - 07/09, Em frente ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais, 7h Ilhéus – 07/09, Praça do Teotônio Vilela, 9h Itabuna – 07/09, Em frente à Igreja Santa Rita de Cássia, 10h Paulo Afonso – 07/09, Praça da Tribuna, 9h; às 16h, Live Juventude: representantes da Coordenação do JBB/Gangue do Bem; Pastoral da Juventude/CNLB Região Nordeste 3; Grupo JSC – Jovens Sementes de Cristo. Canal: youtube PASCOM SagradoCoração. Salvador – 07/09, Campo Grande, 10h Vitória da Conquista – 07/09, Cortejo, concentração Praça Sá Barreto, 9h30. Ato em dois momentos: diálogo inter-religioso e ato político. 07/09, Roda de Conversa em parceria com a Diocese de Amargosa e o CNLB Regional Nordeste 3, 19:00, transmissão pelo youtube Final de Setembro, Roda de Conversa Vida em Primeiro Lugar, em conjunto com as CEBs Regional Nordeste 3 Ceará Diocese de Crato - Regional Nordeste 1 – Semana Eco do Grito 30/8 a 06/09 – Roda de Conversa com articuladores, presença Frei Zeca da coordenação nacional; apresentação do Grito no programa diocesano Momento Novo nas mídias sociais da diocese; Roda de conversa em âmbito paroquial online e presencial; Mesa Redonda – Rádio FM Padre Cícero 104,5 em Juazeiro do Norte; 07/09, Na cidade de Crato, 8h, Acolhida e Momento de Espiritualidade; 8h30, lanche, 9h, Caminhada até o Bairro Alto da Penha. Praça Juarez Távora, Igreja São Vicente/ Santuário Eucarístico. À tarde, Ato virtual, junto com as Frentes Povo Sem Medo e Frente Brasil Popular. Diocese de Itapipoca: 02/09, SLAM Poesia de Quinta Roda de diálogo sobre o lema do Grito dos Excluídos + Batalha de Poesia 06/09 - Pascom Em Prosa com a temática do 27° Grito dos Excluídos Live debate com lideranças Pastorais e Sociais pelas mídias da Diocese de Itapipoca 07/09 - Programação idealizada pelas Pastorais Sociais e Movimentos Populares nas ruas de Itapipoca, Passeata com bandeiras, cartazes e falas de motivação na caminhada + Grito Cultural com apresentações artísticas na Praça dos Motoristas. Fortaleza – Vigílias Pré-Grito – nos cemitérios denunciando o governo assassino/ genocida (01/09 - Parangaba - 17hs, 02/09 - Antônio Bezerra - 17hs, 03/09 - Bom Jardim - 16hs, 04/09 - Praça da Bandeira - 15hs) Atos de Rua - Pré-Grito Grande Bom Jardim – 03/09 às 16h - Concentração em Frente à Escola Julia Alves – Av. Osorio de Paiva 06/09, Ato virtual Grande Bom Jardim, 18h – Plataformas Rede Dlis 07/09, Ato Virtual, 9h, Plataformas da Arquidiocese de Fortaleza 07/09, Ato de Rua, 15h – Concentração: Praça da Cruz Grande – Bairro Serrinha Diocese de Crato/CE - Regional Nordeste 1 – 07/09, Na cidade de Crato, 8h, Acolhida e Momento de Espiritualidade; 8h30, lanche, 9h, Caminhada até o Bairro Alto da Penha. Praça Juarez Távora, Igreja São Vicente/ Santuário Eucarístico. À tarde, Ato virtual, junto com as Frentes Povo Sem Medo e Frente Brasil Popular. Guaraciaba do Norte/CE – 07/09, Ato em defesa da Democracia, às 8h, Praça do Guracy em defesa da vida e da paz por empregos, trabalho decente e direitos; contra a fome, a carestia e alto custo de vida; contra a reforma administrativa e as privatizações. Ibiapaba – 07/09, Celebrações nas comunidades a partir do roteiro disponibilizado pelo Grito Nacional Ipu – 07/09, Concentração às 08:00 – Praça de Iracema Juazeiro do Norte – 04/09, Nas liturgias introduzir fala sobre o Grito dos Excluídos. 06/09, Mesa Redonda – Rádio FM Padre Cícero 104,5 – das 16h às 18hs, em (Pe. Vileci e Frei Zeca). 07/09, Atividades, concentração presencial, manifestação, Região Forânea 1 – cidade de Crato, na Praça São Vicente em frente ao Santuário Eucarístico, das 08h às 11hs Limoeiro do Norte – 07/09, Rodoviária de Limoeiro do Norte, 7h 07/09, Ato de rua às 16h - Concentração Av. Francisco Remigio – Mercadinho Hugo (estrada da barragem) 07/09, Ato virtual, 19h, transmitido pelo Facebook da Diocese de Limoeiro do Norte Maranguape – 07/09, R. Maranguape esquina com João Chimelo, Flamingo, 9h Russas – 07/09, Vigília pela Vida, Igreja Matriz, 4h30; Envio dos Gritos Peregrinos (SUS, Trabalho, Moradia, Comida), 7h; Pátio da Matriz – Gritos diversos em apresentações culturais e musicais, 9h30; Encerramento, 11h. Sobral - 07/09, Ato Virtual, a ser definido. Tianguá – 07/09, Bairro Terra Prometida, 8h 07/09, Ato Virtual Diocese de Tianguá, 16hs – Youtube Cáritas Diocesana de Tianguá Sobral - 07/09, Ato Virtual, a ser definido. Maranhão Açailândia – 07/09, Praça dos Pioneiros, 19h Baixo Parnaíba Maranhense – 07/09, 10h, ato do "27° Grito dos Excluídos e Excluídas no Baixo Parnaíba Maranhense"; Roda de Conversa sobre "Soberania Alimentar no Baixo Parnaíba" aproximará diversas experiências e projetos coletivos que atuam na linha da soberania alimentar e da economia solidária na região. Caxias – 07/09, Concentração a partir de 17h, saindo da Catedral CARREATA DE CARRO, MOTO, BICICLETA até a Igreja Nossa Senhora de Nazaré, seguida da Missa. As dioceses ficaram livres para organizar localmente os gritos diocesanos, paroquiais e comunitários. 08/09,às 19h30, Live Regional, para partilhas, discursos e seguimento dos dias 07 de cada mês. EIXOS ▪ Eixo 1 – Terra-Território, Teto e Trabalho: A esperança está na organização popular. ▪ Eixo 2 – Juventudes: Protagonismos Juvenil e Participação Popular. ▪ Eixo 3 – Vacina já para todos/as - Eixo 4 – Soberania: Princípio Democrático ▪ Eixo 5 – Militarização: Racismo e Preconceito. ▪ Eixo 6 – Mulheres: Equidade e Direitos ▪ Eixo 7 – Esperançar: “Nós podemos reinventar o mundo” São Luís – 05/09, MISSA DO GRITO DOS/AS EXCLUÍDOS/AS 2021, às 18:00h - Comunidade Nossa Senhora da Esperança, Paróquia São Daniel Comboni (Rua Seis de Abril com Rua Bom Jesus – Vila Embratel). 07/09, Carreata, 8 horas, saindo do Reviver (Praia Grande), rumo à mobilização na Vila Embratel (próximo à igreja N. Sra do Povo), Praça das 7 Palmeiras, Ato político-cultural-religioso ao final da caminhada (Traga 1 kg de Feijão). São Mateus/Diocese de Coroatá – 04/09, Roda de Conversa, 14h, Casa da Juventude, Rua Benu Lago, 1239, Centro. Paraíba João Pessoa – 07/09, Carreata Praça das Muriçocas - Miramar até Sesc Praia Cabo Branco, 9h Patos – 07/09, Praça João Pessoa em frente à sede do SINFEMP, 8h Pernambuco Afogados da Ingazeira – 04/09, Ato Unificado Sertão do Pajeú - Av. Rio Branco Ouricuri – 07/09, Praça do Banco do Nordeste, 8h Petrolina – 04/09, 8h – panfletagem na Feira Cohab Massangano; 16h30 – encontro na ocupação Santa Isabel. 05/09 - panfletagem na Feira Joao de Deus, 16h30 – Encontro na Ocupação Luiz Inácio. 06/09, pré-grito no Bambuzinho (Centro)16h30, Encontro na Ocupação Luiz Inacio. 07/09, Grito no bairro João de Deus, 6h, Café da manhã (cuscuz coletivo e concentração na Praça da Juventude – 8h ato público. Recife/PE – 07/09, Praça do Derby, 10h, ato Grito e Fora Bolsonaro; no ponto da concentração no Coreto da Praça estarão recebendo doação de feijão. Percurso da Praça do Derby ao Pátio do Carmo Piauí Floriano – 06/09, Vigília. Local: Praça da igreja de São José Operário - Bairro caixa D'água, com mística e espiritualidade- Grupo JUBI e Crismandos; abertura Dom Edivalter Andrade, Bispo de Floriano; Apresentação Musical: Jardel Viana, André Braga, Alyson Almeida, Marcelo Pires; Momento de falas; Apresentação teatral- Grupo de jovens da Comunidade; Apresentação do Coral Comunidade São Cristóvão; Momento de falas; Apresentação de dança e poesia; Ciranda de Encerramento. live de 19h às 22h Picos – 07/09, Praça Félix Pacheco, 7h30 Teresina – 07/09, Em frente à Assembleia Legislativa, 8h Rio Grande do Norte Mossoró/RN - 07/09 - Será organizada, através de contribuições coletivas, o "Marmita Solidária". O lançamento busca consolidar a construção permanente da Cozinha Solidária, com o apoio de Movimentos Sociais, Pastorais, Estudantis e Organizações da Sociedade Civil e Sindical. Concentração na Cobal, 7h Natal – 07/09, Caminhada Praça das Flores, 9h Sergipe Aracaju – 07/09, Paróquia São José e Santa Tereza de Calcutá, Conjunto Marivan, 8h REGIÃO CENTRO-OESTE DF 07/09, Torre da TV, 9h. No ato será feita a ARRECADAÇÃO DE ALIMENTOS, que serão doados para o acampamento da Marcha da Mulheres Indígenas. Goiás Anápolis – 07/09, Praça Dom Emanuel,16h Alto Paraíso de Goiás– 07/09, Concentração na BR no Disco Voador, 14h Goiânia – 07/09, Praça do Bandeirante, 9h Mato Grosso SEMANA DA CIDADANIA: 31/08, Coletiva de imprensa regional, 10h- Transmissão cnbboeste2matogrosso, fdhtmatogrosso 01/09, Ciranda cultural: “Por direitos e participação popular”, 19h, transmissão via fdhtmatogrosso 03-05/09, celebrações nas comunidades (roteiro de celebração do GRITO) Cáceres - 04/09, Grito dos Pantaneiros e Pantaneiras Barra do Garças - 07/09, Café da manhã/roda de conversa com a população em situação de rua Cuiabá - 07/09, Ato inter-religioso, político e cultural, 16h, concentração e caminhada em frente à Fundação Bradesco e caminhada até à Praça Cultural do jardim Vitória. Várzea Grande - 07/09, 9h, Roda de conversa e entrega de cestas básicas no acampamento dos sem teto no ginásio Mapim Mato Grosso do Sul Campo Grande – 07/09, Praça Ary Coelho, 15h Diocese de Corumbá – 06 e 08/09, Campanha Solidárias Local: Cúria (Rua Major Gama, 1332), Arrecadação de alimentos não perecíveis para as famílias do Aterro Controlado de Corumbá. Dourados – 07/09, Parque do Lago Naviraí – 07/09, Roda de Conversa, Local: Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Alimentos, 8h30 Três Lagoas – 07/09, Roda de Conversa no barracão da Ocupação São João, 14h REGIÃO SUDESTE Espírito Santo Aracruz – 07/09, Barra do Sahy - Praça dos Corais, 8h Vitória/ES – 07/09, Concentração às 8h30, na Praça Getúlio Vargas. Minas Gerais Arquidiocese de Mariana/MG - 07/09, Ato na Basílica do Senhor Bom Jesus, em Congonhas, transmitido pelas redes sociais da Arquidiocese, 8h30 às 9h30. 10h: celebração da Santa Missa na Basílica. Barbacena – 07/09, Praça da Rua Bahia, 10h Belo Horizonte/MG – 07/09, Programa de rádio - Pensar Educação, Pensar o Brasil, das 5 às 6h. Concentração a partir das 10hs, na Praça da Liberdade! Praça Afonso Arinos, Álvares Cabral, Timbiras, Afonso Pena, Praça Sete , Praça da Estação Carmópolis de Minas – 04/09, Próximo ao Pampeiro, 10h Governador Valadares – 07/09, Praça do XX, centro, 8h às 11h Itabira – 07/09, Paróquia N. Senhora da Piedade, 9h Itaúna – 07/09, Praça Vânia Marques, 9h Juiz de Fora – 07/09, Praça Santa Luzia, 10h Salinas/MG – 07/09, concentração Praça Moisés Ladeia, 17 horas São João Del-Rei, 07/09, Em frente ao Teatro Municipal, 10h São Lourenço – 07/09, Calçadão II, 15h São Sebastião do Paraíso - 07/09, Praça da Prefeitura, 15h Três Pontas – 07/09, Praça da Fonte, 15h Uberlândia/MG – 07/09, Na luta por participação popular, saúde, comida, moradia, trabalho e renda já! Uberaba - 07/09, Praça Céu das Artes, Residencial 2000, 10h Rio de Janeiro Búzios – 07/09, Em frente ao Zanine (ao lado da Prefeitura), 16h Resende – 07/09, Parque das Águas, 10h Rio das Ostras – 07/09, Praça dos 3 Morrinhos (Centro), 13h Rio de Janeiro – 07/09, Concentração na Av. Uruguaiana/Presidente Vargas, 9h São Paulo Águas de Lindóia – 07/09, (ato unificado com Socorro), 9h Alto Tiete/SP - 07/09, 9h, celebração eucarística do Grito na Catedral de Sant’Anna, na Rua Dr. Paulo Frontim, 366, Mogi das Cruzes. Após a celebração haverá uma caminhada e ato político do Grito e Campanha Fora Bolsonaro, no Largo do Rosário. Daqui sairão para o Vale do Anhangabaú. Aparecida/SP - 04/09, Reflexão em direção à 34ª Romaria dos Trabalhadores em Aparecida 2021, às 20hs. Assis – 07/09, Praça da igreja Catedral Baixada Santista/SP – 07/09, acontecerão pequenos atos em várias cidades. O primeiro horário é concentração e o segundo é o início do Ato. São Vicente - 8h30 - 9h00 Guarujá - 9h30 - 10h00 Cubatão -10h00 - 10h30 Praia Grande - 10h30 - 11h00 Santos - 11h30 - 12h00 Itanhaém - 12h00 - 12h30 Peruíbe - 10h00 - 12h00 15h - Ato Unificado na Praça das Bandeiras, Gonzaga, Santos Botucatu – 07/09, Praça Cohab 1, Panfletagem e Roda de Conversa Bragança Paulista – 07/09, Praça Raul Leme-Centro, 10h Campinas – 02/09, Pastoral da Mulher Marginalizada/CEPROMM já começamos nossa mobilização no bairro Cidade Singer, onde há uma luta constante com o Aeroporto de Viracopos pela desapropriação da área para ampliação. Crianças e adolescentes nas ruas do bairro, dando voz aos direitos pela dignidade, igualdade e pela soberania do nosso país. 07/09, Largo do Rosário, 9h Carapicuíba/Osasco – 06/09, Caminhada silenciosa, saída 18h, para Km 21, Av. Governador Mário Covas, 273. Catanduva – 07/09, Rua Maranguape esquina com João Chimelo, Flamingo, 9h Fernandópolis – 07/09, Praça da Matriz, 11h Ilha Bela – 07/09, Caminhada Praça da Mangueira, 15h Indaiatuba – 07/09, Ário Barnabé praça do lago em frente a Guarda municipal, 15h Jaguariúna – 07/09, Centro Cultural, 10h Jaú – 07/09, Carreata Beco em frente ao Poupa Tempo), 9h30 Jundiaí/SP - 07/09, Ato Inter Religioso com o tema é “Na luta por participação popular, saúde, comida, moradia, trabalho e renda já. Vida em primeiro lugar”. Comitê pela Vida - diversas entidades e movimentos sociais. 15 horas, Praça Floriano Peixoto Centro Jundiaí, Praça do Coreto Atrás da Catedral. Ato – Praça da Matriz, Jundiaí. Limeira – 07/09, Praça Toledo Barros, 9h30 Marília – 07/09, Bicicleata - Praça da Emdurb, 16h 17h, Praça Saturnino de Brito (em frente à Prefeitura) Piracicaba/SP - 07/09, Ato com o mote "FORA BOLSONARO. Concentração, às 8 horas, nas escadarias da Catedral de Santo Antônio (Praça José Bonifácio), com oficina de cartazes e faixas, seguida de marcha. A rua é nossa, a rua é da democracia! Por isso, vamos mais uma vez às ruas fazer força para tirar Bolsonaro e melhorar o Brasil! Ribeirão Preto – 07/09, Praça 7 de Setembro, 9h São Carlos – 07/09, Praça do Mercadão, 10h São José do Rio Preto– 07/09, Rua José J. Gonçalves em frente ao CRAS do Pinheirinho, 9h30 São Paulo/SP-Vale do Anhangabaú – 07/09, Ato Fora Bolsonaro, às 14h. São Paulo/SP-SÉ – 07/09, pela manhã, na Praça da Sé, início com o Café Coletivo para 2 mil pessoas em situação de rua, com a presença do Padre Júlio Lancellotti. Após o café, saída em caminhada com o seguinte trajeto: Pátio do Colégio, Rua Boa Vista, Largo São Bento, Rua Líbero Badaró, Largo São Francisco. Às 14h, se juntam ao Ato Fora Bolsonaro e Grito no Vale do Anhangabaú, em defesa da democracia, pela saúde; contra a PEC 32/20 e a reforma administrativa que destruirá os Serviços Públicos; contra o desemprego, o arrocho salarial, o PLC 26/21, e pelo fim do confisco dos salários dos aposentados do Doria. REGIÃO SUL Paraná Colombo – 07/09, Praça Santos Andrade Curitiba/PR – 07/09 - Faremos um só Grito, na periferia da capital, na Ocupação Nova Esperança em Campo Magro, 9h30. A Campanha “Fora Bolsonaro” e a União Solidária se somam nas forças com a equipe do Grito. O ato do Grito terá a característica celebrativa, ecumênica, manifestação artística que tragam as denúncias e os anúncios. Também será inaugurada a padaria solidária, além da partilha de alimentos e plantio de árvores. Às 16h, Praça Santos Andrade Londrina – 04 a 07/09 04/09, 9h, concentração em frente aos hospitais da Zona Sul e Zona Norte, em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) e contra o projeto do Governo Ratinho Jr. de contratação de empresas privadas para realizar a gestão de 05/09, 9h30, no espaço do Centro Cultural Kaingang, Café Solidário para discutir os desafios da luta por moradia digna. Na oportunidade iremos realizar a entrega de materiais para a reconstrução das casas queimadas. 07/09, 9h, concentração na praça do União da Vitória 4, para celebração de memória, reflexão do contexto temático proposto para o 27º Grito dos Excluídos e uma passeata até a caixa d'água do União da Vitória para a entrega de cestas de alimentos para famílias da região. Maringá – 07/09, Estádio Willie Davis, 15h Matinhos – 07/09, Calçadão Beira Mar (Matinhos/Caiobá), 9h Umuarama – 07/09, Praça Miguel Rossaffa, 16h União da Vitória, 07/09, Concentração 9h, próximo da UBS, Rua 19 de abril, 55, Praça do União Vitória 4 Rio Grande do Sul Alegrete – 07/09, Parque Porto Dos Aguateiros, 9h Pelotas – 07/09, Mercado Público, 15h Porto Alegre - 07/09, Grito/Ato Fora Bolsonaro Metropolitano - concentração no Parque da Redenção, junto ao Espelho D’Água. 11h celebração ecumênica do Grito 12h30 – Almoço solidário 13h30 - concentração para a caminhada fora Bolsonaro, Parque da Redenção, junto ao espelho d`´agua, até o Largo Zumbi dos Palmares. Transmissão: Brasil de Fato/RS. Rio Grande – 07/09, Arte Estação Cassino, 14h Santa Maria – 07/09, Caminhada Praça Saldanha Marinho, 14h Santa Catarina Florianópolis/SC – 07/09, Largo da Alfândega, 14h Joinville – 07/09, Parque da Cidade (Setor Sambaqui, próx. Ponte do Trabalhador), 14h Timbó – 07/09, Praça da Prefeitura, 10h NO EXTERIOR ALEMANHA Frankfurt – PIQUINIQUE "FORA BOLSONARO" EM FRANKFURT, 16 HORAS; 05/09 ATO "FORA BOLSONARO" NA FLÖSSER BRÜCKE, 13h30 (Horário local). PORTUGAL Cidade do Porto – 07/09, às 18h (horário local), Praça dos Leões, em frente à Reitoria da Universidade do Porto I. Lisboa – 07/09, Praça D. Pedro IV (Rossio), 18h30 (horário local)

REGIÃO SUL

Paraná Colombo – 07/09, Praça Santos Andrade Curitiba/PR – 07/09 - Faremos um só Grito, na periferia da capital, na Ocupação Nova Esperança em Campo Magro, 9h30. A Campanha “Fora Bolsonaro” e a União Solidária se somam nas forças com a equipe do Grito. O ato do Grito terá a característica celebrativa, ecumênica, manifestação artística que tragam as denúncias e os anúncios. Também será inaugurada a padaria solidária, além da partilha de alimentos e plantio de árvores. Às 16h, Praça Santos Andrade Londrina – 04 a 07/09 04/09, 9h, concentração em frente aos hospitais da Zona Sul e Zona Norte, em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) e contra o projeto do Governo Ratinho Jr. de contratação de empresas privadas para realizar a gestão de 05/09, 9h30, no espaço do Centro Cultural Kaingang, Café Solidário para discutir os desafios da luta por moradia digna. Na oportunidade iremos realizar a entrega de materiais para a reconstrução das casas queimadas. 07/09, 9h, concentração na praça do União da Vitória 4, para celebração de memória, reflexão do contexto temático proposto para o 27º Grito dos Excluídos e uma passeata até a caixa d'água do União da Vitória para a entrega de cestas de alimentos para famílias da região. Maringá – 07/09, Estádio Willie Davis, 15h Matinhos – 07/09, Calçadão Beira Mar (Matinhos/Caiobá), 9h Umuarama – 07/09, Praça Miguel Rossaffa, 16h União da Vitória, 07/09, Concentração 9h, próximo da UBS, Rua 19 de abril, 55, Praça do União Vitória 4 Rio Grande do Sul Alegrete – 07/09, Parque Porto Dos Aguateiros, 9h Pelotas – 07/09, Mercado Público, 15h Porto Alegre/RS - 07/09/2021, Grito/Ato Fora Bolsonaro Metropolitano - concentração no Parque da Redenção, junto ao Espelho D’Água. 11h celebração ecumênica do Grito 12h30 – Almoço solidário 13h30 - concentração para a caminhada fora Bolsonaro, Parque da Redenção, junto ao espelho d`´agua, até o Largo Zumbi dos Palmares. Transmissão: Brasil de Fato/RS. Rio Grande – 07/09, Arte Estação Cassino, 14h Santa Maria – 07/09, Caminhada Praça Saldanha Marinho, 14h Santa Catarina Florianópolis/SC – 07/09, Largo da Alfândega, 14h Joinville – 07/09, Parque da Cidade (Setor Sambaqui, próx. Ponte do Trabalhador), 14h Timbó – 07/09, Praça da Prefeitura, 10h

REGIÃO SUDESTE

Espírito Santo Aracruz – 07/09, Barra do Sahy - Praça dos Corais, 8h Vitória/ES – 07/09, Concentração às 8h30, na Praça Getúlio Vargas. Minas Gerais Arquidiocese de Mariana/MG - 07/09, Ato na Basílica do Senhor Bom Jesus, em Congonhas, transmitido pelas redes sociais da Arquidiocese, 8h30 às 9h30. 10h: celebração da Santa Missa na Basílica. Barbacena – 07/09, Praça da Rua Bahia, 10h Belo Horizonte/MG – 07/09, Programa de rádio - Pensar Educação, Pensar o Brasil, das 5 às 6h. Concentração a partir das 10hs, na Praça da Liberdade! Praça Afonso Arinos, Álvares Cabral, Timbiras, Afonso Pena, Praça Sete , Praça da Estação Carmópolis de Minas – 04/09, Próximo ao Pampeiro, 10h Governador Valadares – 07/09, Praça do XX, centro, 8h às 11h Itabira – 07/09, Paróquia N. Senhora da Piedade, 9h Itaúna – 07/09, Praça Vânia Marques, 9h Juiz de Fora – 07/09, Praça Santa Luzia, 10h Salinas/MG – 07/09, concentração Praça Moisés Ladeia, 17 horas São João Del-Rei, 07/09, Em frente ao Teatro Municipal, 10h São Lourenço – 07/09, Calçadão II, 15h São Sebastião do Paraíso - 07/09, Praça da Prefeitura, 15h Três Pontas – 07/09, Praça da Fonte, 15h Uberlândia/MG – 07/09, Na luta por participação popular, saúde, comida, moradia, trabalho e renda já! Uberaba - 07/09, Praça Céu das Artes, Residencial 2000, 10h Rio de Janeiro Búzios – 07/09, Em frente ao Zanine (ao lado da Prefeitura), 16h Resende – 07/09, Parque das Águas, 10h Rio das Ostras – 07/09, Praça dos 3 Morrinhos (Centro), 13h Rio de Janeiro – 07/09, Concentração na Av. Uruguaiana/Presidente Vargas, 9h São Paulo Águas de Lindóia – 07/09, (ato unificado com Socorro), 9h Alto Tiete/SP - 07/09, 9h, celebração eucarística do Grito na Catedral de Sant’Anna, na Rua Dr. Paulo Frontim, 366, Mogi das Cruzes. Após a celebração haverá uma caminhada e ato político do Grito e Campanha Fora Bolsonaro, no Largo do Rosário. Daqui sairão para o Vale do Anhangabaú. Aparecida/SP - 04/09, Reflexão em direção à 34ª Romaria dos Trabalhadores em Aparecida 2021, às 20hs. Assis – 07/09, Praça da igreja Catedral Baixada Santista/SP – 07/09, acontecerão pequenos atos em várias cidades. O primeiro horário é concentração e o segundo é o início do Ato. São Vicente - 8h30 - 9h00 Guarujá - 9h30 - 10h00 Cubatão -10h00 - 10h30 Praia Grande - 10h30 - 11h00 Santos - 11h30 - 12h00 Itanhaém - 12h00 - 12h30 Peruíbe - 10h00 - 12h00 15h - Ato Unificado na Praça das Bandeiras, Gonzaga, Santos Botucatu – 07/09, Praça Cohab 1, Panfletagem e Roda de Conversa Bragança Paulista – 07/09, Praça Raul Leme-Centro, 10h Campinas – 02/09, Pastoral da Mulher Marginalizada/CEPROMM já começamos nossa mobilização no bairro Cidade Singer, onde há uma luta constante com o Aeroporto de Viracopos pela desapropriação da área para ampliação. Crianças e adolescentes nas ruas do bairro, dando voz aos direitos pela dignidade, igualdade e pela soberania do nosso país. 07/09, Largo do Rosário, 9h Carapicuíba/Osasco – 06/09, Caminhada silenciosa, saída 18h, para Km 21, Av. Governador Mário Covas, 273. Catanduva – 07/09, Rua Maranguape esquina com João Chimelo, Flamingo, 9h Fernandópolis – 07/09, Praça da Matriz, 11h Ilha Bela – 07/09, Caminhada Praça da Mangueira, 15h Indaiatuba – 07/09, Ário Barnabé praça do lago em frente a Guarda municipal, 15h Jaguariúna – 07/09, Centro Cultural, 10h Jaú – 07/09, Carreata Beco em frente ao Poupa Tempo), 9h30 Jundiaí/SP - 07/09, Ato Inter Religioso com o tema é “Na luta por participação popular, saúde, comida, moradia, trabalho e renda já. Vida em primeiro lugar”. Comitê pela Vida - diversas entidades e movimentos sociais. 15 horas, Praça Floriano Peixoto Centro Jundiaí, Praça do Coreto Atrás da Catedral. Ato – Praça da Matriz, Jundiaí. Limeira – 07/09, Praça Toledo Barros, 9h30 Marília – 07/09, Bicicleata - Praça da Emdurb, 16h 17h, Praça Saturnino de Brito (em frente à Prefeitura) Piracicaba/SP - 07/09, Ato com o mote "FORA BOLSONARO. Concentração, às 8 horas, nas escadarias da Catedral de Santo Antônio (Praça José Bonifácio), com oficina de cartazes e faixas, seguida de marcha. A rua é nossa, a rua é da democracia! Por isso, vamos mais uma vez às ruas fazer força para tirar Bolsonaro e melhorar o Brasil! Ribeirão Preto – 07/09, Praça 7 de Setembro, 9h São Carlos – 07/09, Praça do Mercadão, 10h São José do Rio Preto– 07/09, Rua José J. Gonçalves em frente ao CRAS do Pinheirinho, 9h30 São Paulo/SP-Vale do Anhangabaú – 07/09, Ato Fora Bolsonaro, às 14h. São Paulo/SP-SÉ – 07/09, pela manhã, na Praça da Sé, início com o Café Coletivo para 2 mil pessoas em situação de rua, com a presença do Padre Júlio Lancellotti. Após o café, saída em caminhada com o seguinte trajeto: Pátio do Colégio, Rua Boa Vista, Largo São Bento, Rua Líbero Badaró, Largo São Francisco. Às 14h, se juntam ao Ato Fora Bolsonaro e Grito no Vale do Anhangabaú, em defesa da democracia, pela saúde; contra a PEC 32/20 e a reforma administrativa que destruirá os Serviços Públicos; contra o desemprego, o arrocho salarial, o PLC 26/21, e pelo fim do confisco dos salários dos aposentados do Doria.

REGIÃO CENTRO-OESTE

DF 07/09, Torre da TV, 9h. No ato será feita a ARRECADAÇÃO DE ALIMENTOS, que serão doados para o acampamento da Marcha da Mulheres Indígenas. Goiás Anápolis – 07/09, Praça Dom Emanuel,16h Alto Paraíso de Goiás– 07/09, Concentração na BR no Disco Voador, 14h Goiânia – 07/09, Praça do Bandeirante, 9h Mato Grosso SEMANA DA CIDADANIA: 31/08, Coletiva de imprensa regional, 10h- Transmissão cnbboeste2matogrosso, fdhtmatogrosso 01/09, Ciranda cultural: “Por direitos e participação popular”, 19h, transmissão via fdhtmatogrosso 03-05/09, celebrações nas comunidades (roteiro de celebração do GRITO) Cáceres - 04/09, Grito dos Pantaneiros e Pantaneiras Barra do Garças - 07/09, Café da manhã/roda de conversa com a população em situação de rua Cuiabá - 07/09, Ato inter-religioso, político e cultural, 16h, concentração e caminhada em frente à Fundação Bradesco e caminhada até à Praça Cultural do jardim Vitória. Várzea Grande - 07/09, 9h, Roda de conversa e entrega de cestas básicas no acampamento dos sem teto no ginásio Mapim Mato Grosso do Sul Campo Grande – 07/09, Praça Ary Coelho, 15h Diocese de Corumbá – 06 e 08/09, Campanha Solidárias Local: Cúria (Rua Major Gama, 1332), Arrecadação de alimentos não perecíveis para as famílias do Aterro Controlado de Corumbá. Dourados – 07/09, Parque do Lago Naviraí – 07/09, Roda de Conversa, Local: Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Alimentos, 8h30 Três Lagoas – 07/09, Roda de Conversa no barracão da Ocupação São João, 14h Dourados – 07/09, Parque do Lago - Horário a definir ainda

REGIÃO NORDESTE

Alagoas Maceió – 07/09, Praça Sete Coqueiros, 9h Bahia Diocese de Amargosa, 12/09, 8h, carreata do Grito com concentração no Arco Iris de Laje, percorrendo as cidades do Vale de Jiquiriçá até cidade de Santa Inês, onde ocorrerá o encerramento, organização Comissão diocesana sócio transformadora, Sindicato Santo Antonio de Jesus, Polo Sindical Amargosa, Caritas Diocesana e outras. Diocese de Ruy Barbosa – Programação PJMP: Rodas de Conversa online 02/09 - Ipirá, Tema: Terra, território, teto: a esperança está na organização popular! 04/09 - Macajuba, Tema: Juventudes: protagonismo juvenil e participação popular! 07/09 - Ipirá, Mística iniciada pela PJMP da paróquia e o tema geral será refletido pela irmã Joselene 18/09 - Mairi, Tema: militarização, racismo e preconceito! Feira de Santana - 07/09, Em frente ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais, 7h Ilhéus – 07/09, Praça do Teotônio Vilela, 9h Itabuna – 07/09, Em frente à Igreja Santa Rita de Cássia, 10h Paulo Afonso – 07/09, Praça da Tribuna, 9h; 16h, Live Juventude: representantes da Coordenação do JBB/Gangue do Bem; Pastoral da Juventude/CNLB Região Nordeste 3; Grupo JSC – Jovens Sementes de Cristo. Canal: youtube PASCOM SagradoCoração. Salvador – 07/09, Campo Grande, 10h Vitória da Conquista – 07/09, Cortejo, concentração Praça Sá Barreto, 9h30. Ato em dois momentos: diálogo inter-religioso e ato político. 07/09, Roda de Conversa em parceria com a Diocese de Amargosa e o CNLB Regional Nordeste 3, 19:00, transmissão pelo youtube Final de Setembro, Roda de Conversa Vida em Primeiro Lugar, em conjunto com as CEBs Regional Nordeste 3 Ceará Diocese de Crato - Regional Nordeste 1 – Semana Eco do Grito 30/8 a 06/09 – Roda de Conversa com articuladores, presença Frei Zeca da coordenação nacional; apresentação do Grito no programa diocesano Momento Novo nas mídias sociais da diocese; Roda de conversa em âmbito paroquial online e presencial; Mesa Redonda – Rádio FM Padre Cícero 104,5 em Juazeiro do Norte; 07/09, Na cidade de Crato, 8h, Acolhida e Momento de Espiritualidade; 8h30, lanche, 9h, Caminhada até o Bairro Alto da Penha. Praça Juarez Távora, Igreja São Vicente/ Santuário Eucarístico. À tarde, Ato virtual, junto com as Frentes Povo Sem Medo e Frente Brasil Popular. Diocese de Itapipoca: 02/09, SLAM Poesia de Quinta Roda de diálogo sobre o lema do Grito dos Excluídos + Batalha de Poesia 06/09 - Pascom Em Prosa com a temática do 27° Grito dos Excluídos Live debate com lideranças Pastorais e Sociais pelas mídias da Diocese de Itapipoca 07/09 - Programação idealizada pelas Pastorais Sociais e Movimentos Populares nas ruas de Itapipoca, Passeata com bandeiras, cartazes e falas de motivação na caminhada + Grito Cultural com apresentações artísticas na Praça dos Motoristas. Fortaleza – Vigílias Pré-Grito – nos cemitérios denunciando o governo assassino/ genocida(01/09 - Parangaba - 17hs, 02/09 - Antônio Bezerra - 17hs, 03/09 - Bom Jardim - 16hs, 04/09 - Praça da Bandeira - 15hs) Atos de Rua - Pré-Grito Grande Bom Jardim – 03/09 às 16h - Concentração em Frente à Escola Julia Alves – Av. Osorio de Paiva 06/09, Ato virtual Grande Bom Jardim, 18h – Plataformas Rede Dlis 07/09, Ato Virtual, 9h, Plataformas da Arquidiocese de Fortaleza 07/09, Ato de Rua, 15h – Concentração: Praça da Cruz Grande – Bairro Serrinha Guaraciaba do Norte/CE – 07/09, Ato em defesa da Democracia, às 8h, Praça do Guracy em defesa da vida e da paz por empregos, trabalho decente e direitos; contra a fome, a carestia e alto custo de vida; contra a reforma administrativa e as privatizações. Ibiapaba – 07/09, Celebrações nas comunidades a partir do roteiro disponibilizado pelo Grito Nacional Ipu – 07/09, Concentração às 08:00 – Praça de Iracema Juazeiro do Norte – 04/09, Nas liturgias introduzir fala sobre o Grito dos Excluídos. 06/09, Mesa Redonda – Rádio FM Padre Cícero 104,5 – das 16h às 18hs, em (Pe. Vileci e Frei Zeca). 07/09, Atividades, concentração presencial, manifestação, Região Forânea 1 – cidade de Crato, na Praça São Vicente em frente ao Santuário Eucarístico, das 08h às 11hs Limoeiro do Norte – 07/09, Rodoviária de Limoeiro do Norte, 7h 07/09, Ato de rua às 16h - Concentração Av. Francisco Remigio – Mercadinho Hugo (estrada da barragem) 07/09, Ato virtual, 19h, transmitido pelo Facebook da Diocese de Limoeiro do Norte Maranguape – 07/09, R. Maranguape esquina com João Chimelo, Flamingo, 9h Russas – 07/09, Vigília pela Vida, Igreja Matriz, 4h30; Envio dos Gritos Peregrinos (SUS, Trabalho, Moradia, Comida), 7h; Pátio da Matriz – Gritos diversos em apresentações culturais e musicais, 9h30; Encerramento, 11h. Sobral - 07/09, Ato Virtual, a ser definido. Tianguá – 07/09, Bairro Terra Prometida, 8h 07/09, Ato Virtual Diocese de Tianguá, 16hs – Youtube Cáritas Diocesana de Tianguá Maranhão Açailândia – 07/09, Praça dos Pioneiros, 19h Baixo Parnaíba Maranhense – 07/09, 10h, ato do "27° Grito dos Excluídos e Excluídas no Baixo Parnaíba Maranhense"; Roda de Conversa sobre "Soberania Alimentar no Baixo Parnaíba" aproximará diversas experiências e projetos coletivos que atuam na linha da soberania alimentar e da economia solidária na região. Caxias – 07/09, Concentração a partir de 17h, saindo da Catedral CARREATA DE CARRO, MOTO, BICICLETA até a Igreja Nossa Senhora de Nazaré, seguida da Missa. As dioceses ficaram livres para organizar localmente os gritos diocesanos, paroquiais e comunitários. 08/09,às 19h30, Live Regional, para partilhas, discursos e seguimento dos dias 07 de cada mês. EIXOS ▪ Eixo 1 – Terra-Território, Teto e Trabalho: A esperança está na organização popular. ▪ Eixo 2 – Juventudes: Protagonismos Juvenil e Participação Popular. ▪ Eixo 3 – Vacina já para todos/as - Eixo 4 – Soberania: Princípio Democrático ▪ Eixo 5 – Militarização: Racismo e Preconceito. ▪ Eixo 6 – Mulheres: Equidade e Direitos ▪ Eixo 7 – Esperançar: “Nós podemos reinventar o mundo” São Luís – 05/09, MISSA DO GRITO DOS/AS EXCLUÍDOS/AS 2021, às 18:00h - Comunidade Nossa Senhora da Esperança, Paróquia São Daniel Comboni (Rua Seis de Abril com Rua Bom Jesus – Vila Embratel). 07/09, Carreata, 8 horas, saindo do Reviver (Praia Grande), rumo à mobilização na Vila Embratel (próximo à igreja N. Sra do Povo), Praça das 7 Palmeiras, Ato político-cultural-religioso ao final da caminhada (Traga 1 kg de Feijão). São Mateus/Diocese de Coroatá – 04/09, Roda de Conversa, 14h, Casa da Juventude, Rua Benu Lago, 1239, Centro. Paraíba João Pessoa – 07/09, Carreata Praça das Muriçocas - Miramar até Sesc Praia Cabo Branco, 9h Patos – 07/09, Praça João Pessoa em frente à sede do SINFEMP, 8h Pernambuco Afogados da Ingazeira – 04/09, Ato Unificado Sertão do Pajeú - Av. Rio Branco Ouricuri – 07/09, Praça do Banco do Nordeste, 8h Petrolina – 04/09, 8h – panfletagem na Feira Cohab Massangano; 16h30 – encontro na ocupação Santa Isabel. 05/09 - panfletagem na Feira Joao de Deus, 16h30 – Encontro na Ocupação Luiz Inácio. 06/09, pré-grito no Bambuzinho (Centro)16h30, Encontro na Ocupação Luiz Inacio. 07/09, Grito no bairro João de Deus, 6h, Café da manhã (cuscuz coletivo e concentração na Praça da Juventude – 8h ato público. Recife/PE – 07/09, Praça do Derby, 10h, ato Grito e Fora Bolsonaro; no ponto da concentração no Coreto da Praça estarão recebendo doação de feijão. Percurso da Praça do Derby ao Pátio do Carmo Piauí Floriano – 06/09, Vigília. Local: Praça da igreja de São José Operário - Bairro caixa D'água, com mística e espiritualidade- Grupo JUBI e Crismandos; abertura Dom Edivalter Andrade, Bispo de Floriano; Apresentação Musical: Jardel Viana, André Braga, Alyson Almeida, Marcelo Pires; Momento de falas; Apresentação teatral- Grupo de jovens da Comunidade; Apresentação do Coral Comunidade São Cristóvão; Momento de falas; Apresentação de dança e poesia; Ciranda de Encerramento. live de 19h às 22h Picos – 07/09, Praça Félix Pacheco, 7h30 Teresina – 07/09, Em frente à Assembleia Legislativa, 8h Rio Grande do Norte Mossoró/RN - 07/09 - Será organizada, através de contribuições coletivas, o "Marmita Solidária". O lançamento busca consolidar a construção permanente da Cozinha Solidária, com o apoio de Movimentos Sociais, Pastorais, Estudantis e Organizações da Sociedade Civil e Sindical. Concentração na Cobal, 7h Natal – 07/09, Caminhada Praça das Flores, 9h Sergipe Aracaju – 07/09, Paróquia São José e Santa Tereza de Calcutá, Conjunto Marivan, 8h

REGIÃO NORTE

Acre Rio Branco – 07/09, Gameleira, 16h Amapá Macapá – 07/09, Praça Veiga Cabral, 9h Amazonas Arquidiocese de Manaus – 30/08, 19h30 – Live 1: Terra, teto e meio ambiente 01/09, 19h30 – Live 2: Equidade de gênero, povos indígenas, racismo e pré-conceito 02/09, às 9h – Coletiva de imprensa no CEFAM 03/09, 19h30 – Live 3: Saúde, vacina e combate à fome 04/09, 8h – Entrevista na Rádio Rio Mar 05/09, 17h – Missa amazônica 06/09, 19h30 – Live 4: Juventude, soberania, participação popular e esperançar 07/09, 15h30 – Bicicleata saindo do lado do T1 (Concentração às 15h, no T1), passando pela catedral, pegando a imagem de São José e seguindo ao Largo do Mestre Chico. 07/09, 16h – Ato central do Grito, Av. Lourenço da Silva Braga Centro Todas as atividades transmitidas pelas redes sociais da Arquidiocese de Manaus. Pará Altamira – 07/09, Em frente à Equatorial Energia, às 8h Belém - 02/09, Coletiva de Imprensa, às 15h, Coordenação do Grito em conjunto com os movimentos sociais e as pastorais sociais da CNBB Norte 2. Jornada de Comunicação Popular "Grito dos Excluídos Belém do Pará" pelo Instituto Idade Mídia - Comunicação para Cidadania, através da Rádio Ribeirinha Libertadora IM e IMTV, para promoção do 27º Grito dos Excluídos. 07/09, Cobertura ao vivo. Do Largo do Redondo até o Mercado de São Brás, pela Bike Som Maria Lira Rádio Livre FM 90.1MHz (área de cobertura em frequência modulada de 1Km direto do ato) e IMTV.
https://idademidia.org/
Rádio Libertadora IM
https://www.radiolibertadora.org/ Canal IMTV (You Tube)
http://www.youtube.com/c/IdadeMídia 07/09 – Local de saída, Praça Floriano Peixoto, no Mercado de São Brás, concentração, às 8hs, Largo do redondo, seguindo pela Av. Magalhães Barata e Nazaré, até a Pres. Vargas. Na saída, haverá uma mística e ato inter-religioso, em seguida as entidades gerais tanto do Grito quanto do Fora Bolsonaro começarão as falas, seguidas das pessoas inscritas. Santarém – 07/09, Praça da Matriz, 17h Rondônia Porto Velho/RO – 07/09, programação do 27º Grito dos Excluídos na Rádio Caiari, das 17h às 17h45, refletindo sobre o Brasil e nossa cidade (103,1 https://radiocaiari.com) 07/09, Roda de conversa, mesa Dom Roque, Luiz Carlos (movimento dos Catadores MNCR – Vila Princesa e Adriano Karipuna). 07/09, Concentração: 16h no Centro Político Administrativo (CPA) na av. Farquar. Roraima Boa Vista – 07/09, Concentração Praça Fábio Marques Paracat, 8h às 10h: Abertura com Irmão Danilo e Dom Mário Antonio; Mística Inicial – 1º T: Ternura – Mulheres – Migração (SPM e Cáritas) – Pastoral da Criança – Idoso – LGBTQIA+ – Animação: Banda Kruviana – 2º T: Teimosia – Pastoral Indigenista (Povos indígenas); – MST (Terra);– CPT (Amazônia) – CSP Conlutas (Trabalho) – Animação: Banda Kruviana – 3º T: Transformação – Paróquia Santo Isidoro (Economia Solidária) – CEBs (Energias Alternativas) – CNLB (Pacto pela Vida e Pelo Brasil) – Educação (Sinterr) – Levante Popular da Juventude – Mística de Encerramento. Durante o Grito serão realizadas diversas atividades: oficina de artes de lambes: organização: Levante Popular da Juventude; oficina de artes com crianças “vida em primeiro lugar”!; feirinha de produtos de economia solidária; coleta de assinaturas do abaixo-assinado do Pacto pela Vida e pelo Brasil; exposição intercultural do fé e alegria; exposição do “carro ecológico”, onde as pessoas participantes serão convidadas a escrever seu grito durante o ato. Tocantins Araguaína – 07/09, Praça São Luís Orione, 7h